Hendry e Ronnie em duelo de titãs quatro dias na Bulgária

Snooker 04-09-2017 19:48
Por António Barroso
O escocês Stephen Hendry, de 48 anos, único heptacampeão mundial de snooker da era moderna (já retirado), e o inglês Ronnie O’Sullivan, de 41 anos, pentacampeão mundial e 10.º do ranking, são um quase imbatível cartaz para as Eleven 30 Series, torneios de exibição que de terça-feira (dia 5 do corrente mês) a sexta-feira (dia 9) vão fazer as delícias dos amantes desta variante do bilhar na Bulgária.

Campeão mundial em 1990, 1992, 1993, 1994, 1995, 1996 e 1999, Stephen Hendry volta a agarrar no taco e mostrar todo o virtuosismo que fez do escocês o mais ganhador de sempre no Crucible Theate, em Sheffield, palco do Mundial desde 1977. E logo frente ao Rocket, que ali também celebrou a glória suprema do planeta em 2001, 2004, 2008, 2012 e 2013.

Hendry e Ronnie irão defrontar-se em quatro cidades diferentes, sempre às 20 horas locais, (menos duas em Lisboa).

Os dois génios do pano verde começam terça-feira em Plovdiv (Kolodum Hall), seguem quarta-feira para a capital, Sofia (Hall da Universidade), quinta-feira em Varna (Palácio de Congressos) e terminam este frente a frente promocional entre duas das maiores lendas vivas do snooker sexta-feira em Burgas (Teatro de Verão).

Saengkham surpreende Ding (5-1) no Mundial de Seis Vermelhas

Já esta segunda-feira se iniciou, em Banguecoque, mais uma prova da World Snooker, por convite, reservada a 32 jogadores, por isso não pontuável para o ranking, com apenas seis bolas vermelhas (e não as 15 da ordem) sobre a mesa: Mundial de Seis Vermelhas.

E logo com uma surpresa: o ídolo local tailandês Noppon Saengkham, de 25 anos, 62.º da hierarquia mundial, bateu por 5-1 apenas e só o quarto do ranking mundial e defensor do título no torneio asiático, o chinês Ding Junhui, de 30 anos, que em 2016 bateu Stuart Bingham na bola preta do decisivo frame (8-7), na grande final.

No Mundial de Seis Vermelhas, os dois primeiros de cada um dos oito grupos (quatro jogadores cada) apuram-se para os oitavos, em jogos à melhor de nove frames: vence o primeiro a somar cinco vitórias (de 5-0 a possíveis 5-4).

Os oitavos na Tailândia serão jogados à melhor de 11 frames - de 6-0 a possíveis 6-5 -, tal como os quartos. As meias são disputadas à melhor de 13 (de 7-0 a possíveis 7-6) e a final à melhor de 15 frames, à oitava vitória (de 8-0 a possíveis 8-7).

Luca Brecel e Michael White vencem em Guangzhou e Furth

No mês de agosto, a época 2017/18 do circuito da World Snooker assistiu, em dois torneios, à consagração definitiva de dois profissionais que de há muito espreitavam chegar a títulos mas sempre andavam lá perto.

A começar pelo China Championship, disputado na cidade chinesa de Guangzhou, e que teve no belga Luca Brecel, de 22 anos, atual 15.º da hierarquia, vencedor no qual poucos apostariam de antemão as suas fichas.

Numa prova onde o campeão mundial em título e líder da hierarquia, o inglês Mark Selby, caíu às mãos do chinês Zhou Yuelong (4-5), Luca Brecel bateu sucessivamente Jimmy Robertson (5-2), Marco Fu (5-2), Mike Dunn (5-3).

Ronnie O’Sullivan caíu às mãos do belga nos quartos de final (5-4, após virar de 1-4), seguiu-se o chinês Li Hang nas meias-finais (6-5) e por fim o inglês Shaun Murphy na final (10-5) para Luca Brecel levar as 150 mil libras (163.600 euros) destinadas ao vencedor, de um total de prémios de 700 mil libras (763.450 euros) da prova chinesa.

Depois, a cidade alemã de Furth foi palco do sempre emocional Paul Hunter Classic, que recorda o malogrado profissional inglês, e que teve no galês Michael White, de 26 anos, 26.º do ranking, o grande triunfador, também contra a maioria das previsões gerais, mas com a categoria de ter deixado pelo caminho Mark Selby (4-1) e, na segunda final perdida pelo campeão mundial de 2005 ainda no mês de agosto, Shaun Murphy (4-2).

Além dos ingleses, e para levantar a taça e levar o cheque de 20 mil libras (21.800 euros) das 100 mil libras (109 mil euros) de prize money na Alemanha – onde esteve o árbitro português André Santos -, Michael White bateu ainda Adam Duffy (4-3), Robbie Williams (4-1), Mike Dunn (4-0), Ian Burns (4-1) e Mitchell Mann (4-1).

Carter e McGill defendem títulos na Índia e em Yushan

No próximo dia 12 do corrente mês, e até dia 16, terá lugar em Vishakhapatnam o Open da Índia, a próxima prova do calendário da World Snooker da época 2017/18 pontuável para o ranking, com o escocês Anthony McGill a defender o título conquistado no torneio em 2016.

De 18 a 24 do corrente mês atenções viradas para o World Open, que irá disputar-se em Yushan (China) e que distribui 700 mil libras de prémios (763.450 euros), das quais 150 mil libras (163.600 euros) destinadas ao vencedor: em 2016, foi o inglês Ali Carter.

Mundial de 6 Vermelhas, resultados desta 2.ª feira (fase de grupos):

Atthasit Mahitthi-Michael Holt, 1-5
Liang Wenbo-Mark Davis, 1-5
Akani Songsermsawad-Stephen Maguire, 1-5
Stuart Bingham-Kamal Chawla, 5-2
Ding Junhui-Noppon Saengkham, 1-5
Lyu Haotian-Tom Ford, 2-5
Ratchapol Pu-Ob-Orm-Mark King, 4-5
Mark J. Williams-Soheil Vahedi, 5-1
Anthony McGill-Passakorn Suwannawat, 5-4
Mahoammad Sajjad-Ryan Day, 0-5
Graeme Dott-David Gilbert, 5-1
Martin Gould-Lee Chun Wai, 5-1
Kyren Wilson-Thepchaiya Un-Nooh, 3-5
Kristjan Helgason-Ricky Walden, 5-1
Ben Woollaston-Michael White, 2-5
Marco Fu-Darren Morgan, 5-2

Mundial de 6 Vermelhas, jogos de 3.ª feira (hora portuguesa):

Noppon Saengkham-Luca Brecel (5 horas)
Ding Junhui-Lyu Haotioan (5 horas)
Passakorn Suwannawat-Ryan Day (5 horas)
Anthony McGill-Mohammad Sajjad (5 horas)
Liang Wenbo-Atthasit Mahitthi (7.30 horas)
Mark Davis-Michael Holt (7.30 horas)
Thepchaiya Un-Nooh-Ricky Walden (7.30 horas)
Kyren Wilson-Kristjan Helgason (7.30 horas)
Kamal Chawla-Stephen Maguire (10 horas)
Stuart Bingham-Akani Somgsermsawad (10 horas)
Martin Gould-David Gilbert (10 horas)
Graeme Dott-Lee Chun Wai (10 horas)
Marco Fu-Michael White (12-30 horas)
Soheil Vahedi-Mark King (12.30 horas)
Mark J. Williams-Ratchapol Pu-ob-Orm (12.30 horas)
Ben Woollaston-Darren Morgan (12.30 horas)
Ler Mais
Comentários (0)

ATENÇÃO: Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais