De Bruyne recorda Chelsea: «Preferi ser vendido»

Manchester City 05-10-2017 23:02
Por Redação
Kevin de Bruyne não guarda as melhores recordações do período em que esteve vinculado ao Chelsea. Cansado de sucessivos empréstimos, o belga deu um murro na mesa e exigiu deixar Stamford Bridge… a título definitivo.

Contratado ao Genk em janeiro de 2012, o médio ficaria no clube belga até final da época. Na temporada seguinte, seria emprestado ao Werder Bremen. Regressou a Londres, mas, sem espaço nas opções de José Mourinho, acabaria por rumar ao Wolfsburgo.

«Depois dessas experiências, preferi ser vendido. Caso contrário, voltaria a passar pelo mesmo outra vez: jogar bem durante o empréstimo, regressar à base e sentir-me como um jovem jogador que tem de mostrar o que vale. Foi por isso que decidi sair de vez. O Chelsea queria que eu ficasse, mas senti que não iria ter muitas oportunidades», justificou o atual jogador do Manchester City.
Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias

ATENÇÃO: Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais