Jorge Mendes ouvido em Tribunal

ESPANHA 07-12-17 11:26
Por Pereira Ramos

Antes de partir para Paris, para estar junto a Cristiano Ronaldo na cerimónia de entrega da Bola de Ouro da France Football, Jorge Mendes prestou declarações à juíza do Tribunal de Pozuelo de Alarcón sobre a acusação de fraude fiscal ao jogador português, no valor de 14,7 milhôes de euros.

Na qualidade de investigado, figura jurídica próxima à de arguido em Espanha, Jorge Mendes tinha sido convocado para apresentar-se, pela segunda vez, perante a magistrada espanhola, mas, fazendo valer-se do acordo que existe entre Portugal e Espanha, foi ouvido por videoconferência desde um Tribunal do Porto.

O empresário, reiterando o que já tinha afirmado na sua primeira comparência, negou ter tido qualquer relação, direta ou indireta, com os assuntos fiscais de Ronaldo, e também garantiu nada ter a ver com a estrutura societária montada pelos seus assessores.

O seu trabalho, garantiu Mendes, sempre foi o de «procurar os melhores clubes e os melhores ordenados» para os futebolistas que representa.