«Moto GP sem mim seria como um Mundial de futebol sem Itália»

MOTO GP 04-12-17 1:54
Por Redação

O piloto de Moto GP Valentino Rossi, da Yamaha, reconheceu que algum dia terá de retirar-se das corrida, contudo afirma que vai tentar prolongar a carreira por mais algum tempo.

«Moto GP sem mim seria como um Mundial de futebol sem Itália. Vamos tentar continuar por mais algum tempo», disse o italiano de 39 anos.

Rossi disse ainda que gostaria de ter uma mota mais competitiva na próxima temporada. «Fiz algumas corridas boas, mas o nosso potencial é maior do que aquilo que se viu no final. A parte difícil é aproximarmo-nos, precisamos de trabalhar muito. No último teste fomos na direção certa, agora há que esperar até fevereiro. Gostaríamos de ter uma moto competitiva», afirmou.