«José Mourinho foi como um pai para mim»

BENFICA 11-11-17 6:50
Por Redação

Em entrevista concedida à ESPN, Júlio César, 38 anos, abordou vários temas, entre eles a convivência com José Mourinho no Inter de Milão, entre 2008 e 2010, período inesquecível na história do clube, que culminou, em 2010, com a conquista do triplete: Serie A, Taça de Itália e Liga dos Campeões.

«Mourinho foi mais do que um pai para mim. Foram apenas dois anos no Inter, mas a equipa técnica dele ajudou-nos a vencer tudo. Contrataram o Mourinho para vencer a Liga dos Campeões e assim foi, algo que não acontecia há 42 anos. Foi heróico, Mourinho e essa equipa vão ficar para sempre nos corações dos adeptos», sublinhou.

Sobre o Mundial 2018, na Rússia, Júlio César acredita que «o Brasil tem boas hipóteses de vencer», está pelo menos «entre as favoritas», enaltecendo o «excelente trabalho» do selecionador Tite.

Tema incontornável, Neymar: «É o melhor do Mundo», disse, sendo de imediato confrontado com o nome de Messi. «Esse é de outro planeta!», respondeu, acrescentando: «Creio que este é o momento do Neymar. Os olhos de todos estão nele. Tive o prazer de jogar com ele e desejo-lhe o melhor na luta pela Bola de Ouro.»

Por último, a goleada (1-7) sofrida perante a Alemanha no Mundial 2014. «Infelizmente, terei de responder sempre a essa pergunta até ao fim da minha vida. Não há explicação...»