Estado Islâmico causou «mais de 100 mil milhões de dólares» de prejuízos

IRAQUE 11-11-17 6:14
Por Redação

O primeiro-ministro do Iraque, Haider al-Abadi, afirmou que os prejuízos causados pelo grupo extremista Estado Islâmico (EI), desde 2014, estão calculados em «mais de 100 mil milhões de dólares» (cerca de 85,7 mil milhões de euros).

«Os prejuízos da ocupação do EI das cidades iraquianas ascendem já a mais de 100 mil milhões de dólares», afirmou Haider al-Abadi durante uma visita a Kerbala, cidade santa xiita onde terminou na sexta-feira uma importante peregrinação.

«E isto apenas em danos à economia e às infraestruturas», acrescentou o governante.