Higgins estreia-se na Índia com vitória suada

SNOOKER 13-09-17 10:20
Por António Barroso

Os escoceses Anthony McGill, de 26 anos, 18.º do ranking mundial, vencedor do Open da Índia em 2016, e John Higgins, de 42 anos, terceiro da hierarquia e atual vice-campeão mundial (título que já conquistou por quatro vezes, em 1998, 2007, 2009 e 2011) asseguraram, esta quarta-feira, a continuidade em prova na edição da época 2017/18 da prova do circuito profissional da World Snooker, que decorre até sábado, dia 16 do corrente mês, na cidade de Vishakhapatnam.

Na estreia em prova, Higgins viu-se e desejou-se: só na negra, o decisivo sétimo frame conseguiu vencer (4-3) o chinês Zhao Xintong: defrontará agora Martin O’Donnell, quinta-feira, nos 16avos de final, enquanto o compatriota McGill se desembaraçou de Ashley Hugill (4-1) para marcar encontro, na próxima ronda do torneio, com o inglês de origem jamaicana Rory McLeod, carrasco de Judd Trump no último Mundial, logo na primeira ronda (10-8).

Dos principais favoritos a erguer o troféu no golfo de Bengala, em mais uma prova pontuável para o ranking, continua ainda o campeão mundial de 2015, o inglês Stuart Bingham, de 41 anos, atual 9.º da hierarquia, tal como o compatriota Joe Perry, de volta após suspensão de três meses por ter apostado em jogos desta variante do bilhar.

O Open da Índia atribui 323 mil libras (354 mil euros) de prémios, das quais 50 mil libras (54.864) ao futuro campeão.

Até às meias-finais (inclusive) os jogos são disputados à melhor de sete frames (partidas) - vitória aos quatro (de 4-0 a possíveis 4-3) – e a final será jogada à melhor de nove parciais: triunfa o primeiro a chegar à quinta vitória nos frames (de 5-0 a possíveis 5-4).

Open da Índia, jogos de 4.ª feira, 1.ª ronda (apurados a negro):

Kurt Maflin-Zhou Yuelong, 4-2
Stephen Maguire-Akani Songsermsawad, 3-4
Sam Baird-Mark Davis, 4-2
Niu Zhuang-Mark Allen, 0-4
Robert Milkins-Yu De Lu, 3-4
Ian Preece-Michael Holt, 2-4
Stuart Bingham-Duane Jones, 4-1
Andrew Higginson-Alexander Ursenbacher, 1-4
Dominic Dale-Rod Lawler, 4-1
Gary Wilson-Luca Brecel, 4-1
Anthony McGill-Ashley Hugill, 4-1
Gerard Greene-Li Hang, 4-1
Elliot Slessor-Alan McManus, 4-3
Hammad Miah-Shaun Murphy, 0-4
Wang Yuchen-David Gilbert, 0-4
Boonyarit Keattikun-Liam Highfield, 1-4
Mike Dunn-Martin O`Donnell, 3-4
Zhao Xintong-John Higgins, 3-4

16avos de final, 5.ª feira (hora portuguesa):

Sam Baird-Ken Doherty (5 horas)
Mark King-Graeme Dott (5 horas)
Xu Si-Sean O`Sullivan (5 horas)
Ricky Walden-Ben Woollaston (5 horas)
Hossein Vafaei-Gerard Greene (6.30 horas)
Tian Pengfei-Zhang Anda (6.30 horas)
Stuart Bingham-Matthew Selt (6.30 horas)
Fergal O`Brien-Shaun Murphy (6.30 horas)
Anthony McGill-Rory McLeod (13.30 horas)
Kurt Maflin-David Gilbert (13.30 horas)
Alexander Ursenbacher-Mark Allen (13.30 horas)
Gary Wilson-Michael Holt (13.30 horas)
Elliot Slessor-Joe Perry (14.45 horas)
Liam Highfield-Yu De Lu (14.45 horas)
Akani Songsermsawad-Dominic Dale (14.45 horas)
Martin O`Donnell-John Higgins (14.45 horas)