André Silva e Rúben Neves renderam 40,3 milhões líquidos

FC Porto 12-10-2017 18:20
Por Pascoal Sousa
A venda de André Silva ao AC Milan, por 38 milhões de euros, gerou à SAD uma mais-valia de 27,85, após a dedução do valor de 10,1 milhões relativas à atualização financeira das contas a receber a médio prazo originadas por estas transações, responsabilidade com o mecanismo de Solidariedade e proporção do valor de venda do passe detida por terceiros, que era de 10 por cento, além de valores a «pagar ao jogador a título de prémio contratualizado por transferência para outro clube e custos com serviços de intermediação» prestados pela Gestifute, conforme se explica no Relatório e Contas do exercício 2016/2017 do FC Porto.

A alienação dos direitos económicos de Rúben Neves ao Wolverhampton, num negócio global de 16 milhões de euros, gerou por sua vez uma mais-valia de 12,5 milhões, após dedução «do valor global de 3.490.586 Euros relativo a efeito de atualização financeira das contas a receber a médio prazo originadas por estas transações, à proporção do valor de venda do passe detida por terceiros (5%) e aos custos de intermediação.»
Ler Mais
Comentários (19)

Destaques

ATENÇÃO: Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais