PRP quer ‘fiscalizar e punir’

Noticiário 16:00
Por Auto Foco
José Miguel Trigoso, presidente da Prevenção Rodoviária Portuguesa, em declarações ao Jornal de Notícias, apontou aquela que considera ser a melhor forma para lidar com o problema da condução sob o efeito do álcool entre os jovens encartados: «o mais importante é fazer cumprir a lei que existe e pôr o sistema a funcionar, o que não está a acontecer. É preciso prevenir e sensibilizar, fiscalizar e punir de forma rápida, para que quem infringiu não reincida».

Sobre a taxa zero de álcool no sangue para recém-encartados, o presidente da PRP tem algumas reservas: «tenho algumas dúvidas sobre a eficácia. A diferença em relação à taxa aplicada em Portugal é muito pequena. Do ponto de vista da segurança rodoviária, julgo que não traria grandes avanços. Do ponto de vista da mensagem que é passada, poderia ter algum impacto. No fundo, seria dizer a estes condutores que não podem, de todo, beber se conduzirem».
Ler Mais

Últimas Notícias

ATENÇÃO: Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais