Em alerta devido ao vento e bruma seca

Cabo Verde 22-12-2017 16:23
Por Lusa
Cabo Verde está em alerta de mau tempo devido ao vento e intensa bruma seca que cobre todo o arquipélago, estando já a afetar as ligações marítimas e as ligações aéreas domésticas e internacionais.

Em comunicado emitido na quinta-feira e enviado hoje à agência Lusa, o Instituto Nacional de Meteorologia e Geofísica (INMG) informou que Cabo Verde está em alerta de mau tempo, com visibilidade reduzida devido à bruma seca, vento forte e agitação marítima.

O instituto cabo-verdiano indica que todas as ilhas do arquipélago estão afetadas, mas com maior incidência nas da região oriental, com visibilidade a diminuir para 1.000 metros.

Além da bruma seca, o INMG prevê também forte vento em todo o arquipélago, com rajadas que podem chegar aos 61 quilómetros por hora.

O instituto cabo-verdiano recomendou, por isso, a adoção de medidas face à possibilidade de dificuldades de operações de voos e marítimos, entre outras atividades.

Devido à baixa visibilidade, a companhia aérea Binter Cabo Verde informou que todos os voos entre as ilhas estão em espera e que só serão retomados "assim que a visibilidade for suficiente para a sua realização com segurança".

O mau tempo também já está a afetar os voos internacionais de e para o arquipélago cabo-verdiano.

Em dezembro do ano passado, altura em que a bruma seca também envolvia o arquipélago, o ministro da Economia, José Gonçalves, garantiu que os aeroportos de São Vicente e da Boavista iriam receber este ano equipamentos de apoio à aproximação que permitam aterragens em condições de fraca visibilidade.

Segundo informações dos técnicos do INMG, o mau tempo vai prolongar-se até depois do Natal.

A bruma seca é uma tempestade de poeira proveniente do deserto do Saara e que é habitual nesta época em Cabo Verde, estando este ano com uma intensidade mais elevada.
Ler Mais

Últimas Notícias

ATENÇÃO: Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais