Presidente da República exige rápido esclarecimento do assassinato do Edil de Nampula

Moçambique 06-10-2017 16:37
Por António Mavila, Beira
O Presidente da Republica diz-se chocado com o assassinato do Presidente do Conselho Municipal de Nampula, Mahamudo Amurane, abatido com três tiros, e exige às autoridades policiais que tudo façam para esclarecimento deste caso com maior celeridade.

«Recebi a notícia do baleamento de Presidente Amurane com sentimento de choque e profunda tristeza e aproveito endereçar à família enlutada em nome do povo Moçambicano as minhas sentidas condolências», disse Nyusi.

O chefe do estado disse trata-se de um ato macabro, hediondo e que deve ser condenável em todos os sentidos, independentemente das suas motivações, sobretudo por ocorrer no dia «em que exaltamos a paz, reconciliação e concórdia no seio da família moçambicana».

«É um crime vil que contraria os esforços e o apelo que fazemos a todos os nossos compatriotas no sentido de cada um fazer a sua parte para preservar esta paz que constitui o património sagrado de todos os moçambicanos», adiantou o presidente.

Filipe Nyusi considera ainda ser um crime brutal e irracional, exortando mais uma vez as entidades competentes a redobrar esforços para o esclarecimento urgente deste caso e que os assassinos sejam levados a tribunal.

O estadista apela aos moçambicanos que colaborem com a justiça na investigação do caso.

Ler Mais

Destaques

ATENÇÃO: Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais